Na sequência da aproximação gradual do tufão “Mangkhut” a Macau, e para assegurar o fornecimento estável da água engarrafada, a Direcção dos Serviços de Economia (DSE) e o Conselho de Consumidores (CC) contiunaram, hoje (dia 15) a enviar pessoal aos supermercados para saber a situação de fornecimento da água engarrafada e os trabalhadores da DSE também se deslocaram aos armazéns de diversos fornecedores para verificar o estoque da água engarrafada. E a linha quente n.º 6298 0886 do CC já está aberta. Caso os consumidores detectem práticas irregulares como aumento anormal dos preços ou açambarcamento, podem informar o CC através do Whatsapp ou da referida linha aberta. Pedem ainda ligar a linha aberta da DSE n.º 6811 6833 para ajuda de urgência.

Para garantir o abastecimento estável da água engarrafada, a DSE já criou um mecanismo de comunicação com 10 produtores e fornecedores da água engarrafada de Macau, exigindo-lhes que informe, periodicamente, as variações do estoque e assegure, tanto quanto possível, a estabilidade no futuro fornecimento. A DSE reafirmou que actualmente o estoque da água engarrafada em Macau é abundante, sendo suficiente para o consumo de Macau em vário dias no futuro, e adiantou que dentro de 5 dias, chegarão, sucessivamente, em Macau 1,4 milhões de litros da água engarrafada. Em termos da venda a retalho, o fornecimento da água engarrafada é normal na maior parte dos estabelementos de venda a retalho, como os supermercados, havendo apenas insuficiência do fornecimento por período curto em determinados supermercados por motivo da demora em distribuição.

A DSE apela ao público que apenas compre uma quantidade razoável, não sendo preciso de acumular.


Vistoria aos armazéns da água engarrafada.


Vistoria aos supermercados para saber o fornecimento da água engarrafada.